sexta-feira, agosto 24, 2012

Campanha de armamento!


Mais um tiroteio nos EUA. A média neste mês de agosto tem sido de pelo menos um por semana, e todos com mais de uma vítima fatal.

Agora virou moda, os americanos estão resolvendo tudo na bala. Levou pé na bunda da namora? É bala! Perdeu o emprego? Bala! Foi no banheiro e tinha acabado o papel? Bala!

E tem gente que defende a venda legal de armas no Brasil. Essas pessoas obviamente não conseguem enxergar um palmo a sua frente, talvez elas pensem que estão vivendo, sei lá, na Suiça. Não é complexo de inferiodade, mas na moral, nosso povo é muito mais despreparado pra poder lidar com armas que o povo americano, por exemplo.

Imaginem a tragédia que seria nesse país, que já é uma merda, se todos tivessem acesso a armas de fogo. Do jeito que está, as pessoas já se matam no trânsito por causa de uma seta não dada e crianças de 5, 6, 7 anos levam armas, teoriacamente proibidas, à escola. Mas alguns grupos, insistem que devemos armar um povo que não respeita seus idosos, que não educa suas crianças, um povo que passa por cima dos pedestres e empurra mulheres grávidas para poder sentar antes dela no metrô. Genial, não!?



Resumindo, essa ideia de armamento é tão péssima quanto deixar um traficante dar palestra no N.A. ou nomear um padre para o cargo de diretor de creche.



DEIXE SEU COMENTÁRIO!!!

terça-feira, agosto 21, 2012

Todos iguais e tão desiguais, mas uns mais iguais que os outros!






As eleições estão chegando e ao ver as propagandas dos candidatos à prefeitura da nossa querida metrópole cinza, temos a ilusão de ter uma vasta gama de opções. Opções estas que caracterizam a diversidade da nossa querida São Paulo, e para ilustrar, fiz uma lista com uma descrição rápida de cada um deles. Veja:

1.       Celso Russomano

Em primeiro lugar temos este famoso candidato, que julgando pelo sobrenome, é de origem italiana. Quem não se lembra dele, o jornalista que brigava pelos direitos do consumidor, no “Aqui e Agora!” nos anos 90? É famoso também por ser acusado de bater em mulher e também por desvios de verbas públicas em 2010.


2.       José Serra

Ah, esse é o meu fanfarrão favorito! Nascido na Mooca (meu!), apesar de vir de família italiana, Serra mais parece ter vindo da família dos répteis, mais precisamente as tartarugas, fato este que é bem irônico, já que elas se diferenciam dos demais por possuírem uma carapaça protetora, e Serra, como provado no episódio da bolinha de papel, que o levou para a UTI do Hospital Sorocaba em 2010, tem uma careca bem desprotegida e frágil. 

Mas vamos falar sério, o Tortuguita é um brincalhão, não terminou um mandato na vida, é um oportunista, sem contar que os seus discursos são mais manjados que as músicas do Roberto Carlos.
Mas Serra tem uma qualidade, não se engane com sua cara de idiota, como diria nosso querido Boça, o candidato do PSDB é bastante malaco, sua casa nunca caiu!



3.       Gabriel Chalita

Esse é o mais “boyzinho” de todos! Formado em direito pela PUC, Chalita, que é de origem judaica, nunca brincou na rua. Ele gosta de dar uma de Lula, mas não se engane, de pobre não tem nada, sempre teve o brinquedo da moda. Repare no olhar de coxinha dele, ah, essa carinha não me engana, aqui na ZL a gente sente o cheiro de quem foi criado à base de bolinho de chuva da vovó de longe!
Seu maior problema nestas eleições pode ser a rejeição por parte da “gente diferenciada”.


4.       Fernando Haddad

O Fernando Haddad ninguém sabe direito de onde veio, tem esse nome de quem veio de alguma quebrada do Oriente Médio.  Dizem que foi ministro da educação entre 2005 e 2012, em outras palavras, coçou o saco por sete anos, só ficou famoso mesmo quando apareceu com seu carisma de cone entre Lula e Maluf na fatídica foto do aperto de mão entre os dois clássicos malandros!
Argh...  Acho que não preciso falar mais nada, fiquei com o dedo cheirando chorume só de escrever sobre isso. Ainda bem que eu tenho álcool em gel na minha mesa!
Haddad como o Chalita, também é playboyzinho, nunca comeu miojo e desconhece a palavra fliperama, sua qualidade é não ter nenhum B.O., mas com essas companhias... tic, tac, tic, tac...

-

Bom... Além destes que julgo serem os principais bandidos a prefeitura, ops, desculpe, eu quis dizer candidatos à prefeitura, temos ainda Soninha “dig dig dig dig Planet Hempaaa” Francine, Levy “Aerotrem” Fidelix (aff!) e at last but not least, Paulinho da Força, que força mesmo ele nunca deu pra ninguém, é bem famoso por ser presidente da Força Sindical há uns duzentos anos e também por sua condenação em 2011 pelo crime de.........adivinhaaaaaa, aha! Sim! Desvio de verbas públicas. 

Que clichê!

Finalizando essa breve descrição de todos estes sem vergonha, podemos realmente constatar a diversidade dos nossos candidatos.  São pessoas de todos os tipos, dos mais diversos backgrounds, as mais diversas variações de incompetência.  Mas não se engane, no fundo são todos iguais e futuramente eles vão nos “roubar”, “estuprar”, enganar e sorrir na nossa cara.

Mas enfim, depois de analisá-los bem, a semelhança mais marcante que pude encontrar entre todos os nomes acima é a ocupação de suas mães, então, na hora de votar, por favor, fiquem bem espertos, porque política nesse país é caso de polícia!


 DEIXE SEU COMENTÁRIO E COMPARTILHE!!!


#NowPlaying: John Lennon - Mind Games




sexta-feira, agosto 17, 2012

Política e religião. Sim, tudo pode piorar!

Como observado por Gilberto Dimenstein em sua coluna (clique aqui para ler), os religiosos têm cada vez mais influência na política brasileira, em outras palavras, a perspectiva é de que o que já é ruim, pode piorar ainda mais! Como se já não bastasse sermos comandados por uma bando de ignorantes, ladrões, retrógrados e maus caráter, agora seremos comandados por ignorantes, ladrões, retrógrados, maus caráter, preconceitusos e religiosos!

E na nossa bunda, mais 10%!



#NowPlaying: Brian Wilson - Wild Situation

quarta-feira, agosto 08, 2012

Jehovah´s Witness




There was a knock at the dooor one morning. 

Jack opened it and there was a young man standing there who said, "I'm a Jehovah's Witness". 

"Come in and sit down," Jack said brightly. "What do you want to talk about?" 

The young man looked confused and said, "Damned if I know - I've never got this far before!"

 
    Jack Nicholson ou um testemunha de Jeová puto?