quinta-feira, março 03, 2011

Communication Breakdown


As pessoas hoje em dia estão cada vez mais distantes umas das outras, tudo tem que ser muito rápido, com a tecnologia que temos hoje, tudo é pra ontem!

Infelizmente junto com o que chamamos de eficiência veio também a frieza, pois devido à pressão que todos sofremos no dia a dia, não temos mais tempo de conversar uns com os outros, somos cada vez mais diretos e sucintos, nossos emails são cada vez menores, nossas frases cada vez mais resumidas e as nossas palavras cada vez mais abreviadas. A mesma regra pode também ser aplicada às nossa conversas orais, estamos sempre com pressa, sem tempo de até mesmo fazer uma simples pergunta como “E aí, tudo bem meu amigo?”.

Alguns diriam que estes são os sinais dos tempos, pessoas se comunicando cada vez mais através de meios tecnológicos, perdendo o contato físico e como conseqüência, perdendo também a capacidade de se importar com o próximo.

As empresas que atuam neste ramo de telecomunicações, internet e etc., também já perceberam isso, e como tubarões tentam cada vez mais “abocanhar” clientes com seus novos produtos, planos e preços cada vez mais tentadores, e claro, o fazem muito bem, cada vez mais pessoas são inseridas nesse novo mundo, um mundo digital, um mundo sem proximidade física, um mundo frio, onde ninguém se importa com ninguém.

Eu jamais poderia dizer o contrário, mas sim! Eu também faço parte deste mundo cruel, como bilhões de pessoas, eu também sucumbi às tentações dessa nova era, porém cheguei a um momento em que comecei a refletir sobre todas estas coisas que acabo de descrever nestas linhas acima, e claro cada vez mais me sinto incomodado! Mas a razão pela qual eu parei para escrever este texto, ao contrário do que possa parecer, não é o fato de que estou me sentindo incomodado, e sim o fato de que eu comecei a acreditar que há uma luz no fim do túnel.

Nessa época tão cruel, de materialismo e de capitalismo selvagem, onde as empresas não medem esforços para aumentarem os seus lucros, podemos encontrar uma empresa espanhola que está tentando mudar tudo isso, é uma empresa que está engajada em reaproximar as pessoas, aha, agora tenho certeza que você, caro leitor, está se perguntando “Mas como isso é possível?”, eu vou explicar!

Essa empresa atende pelo nome de Telefônica, e eu, gênio que sou, consegui enxergar nas entrelinhas qual o objetivo principal desta multinacional! Todos pensam que os executivos desta empresa de telecomunicações só estão preocupados em vender seus produtos e ficarem ricos, mas estamos completamente enganados, o objetivo deles é restabelecer o contato entre as pessoas, e eles estão dispostos a atrapalhar e estragar todos os nossos meios de comunicação, não nos deixando outra opção a não ser bater na porta dos amigos para perguntá-los “E aí, tudo bem com você meu amigo?” ao invés de simples e friamente mandarmos um email do tipo “eae blz? xoxo ”

Ah, mas não pára por aí, o plano deles é completo, sim, eles pensaram em tudo, pois nós somos teimosos, ficamos semanas e semanas, sem telefone, sem internet e ainda assim persistimos, não cancelamos nossas assinaturas, nós sentamos e esperamos pacientemente! Mas é aí que está a parte mais genial de todas, as contas!!! Mesmo depois de tanta espera, tanta frustração, tantos relacionamentos deixados de lado pela falta de comunicação, vem o xeque-mate, uma conta astronômica, para nos deixarem furiosos, para nos fazerem refletir sobre tudo que estamos fazendo e finalmente tomar a decisão de mudar, de fazer as coisas diferentes, de finalmente percebermos que tudo está errado, mas não! Somos teimosos, não chegamos até aqui para desistir, para tirarem de nós todas estas maravilhas das quais nos acostumamos, é tudo muito bom pra ser verdade e é aí que eles preparam o golpe de misericórdia, este que também atende pelo nome de Call Center! 

Sim, ele mesmo, o Call Center! Ele é o nosso último recurso, o nosso grito de desespero, e depois de mais esperas, daquelas de deixar qualquer braço dolorido de tanto segurar o telefone, você finalmente ouve uma voz que vem lá do fim do túnel, ou do fone que agora já está grudado na sua pobre orelha! Essa voz com um tom debochado finalmente tenta te mostrar, pelas entrelinhas é claro, assim como Deus também o faz, que este não é o caminho para a salvação, que devemos nos livrar deste mal, mas em vez de escutar essa voz e entender a mensagem verdadeira, cegos que estamos, pensamos estar ouvindo “Sim, senhor, eu vou estar te ajudando senhor” ou outras do tipo “Eu vou estar solicitando um técnico para estar solucionando o seu problema” , mas não, essa não é a lição que estão tentando nos ensinar, desculpem-me fazer um trocadilho com um ditado, mas surdo é aquele que não quer ouvir. Na verdade deveríamos interpretar estas sábias palavras como “Saia daqui senhor”, “Salve-se, pois aqui você só vai se dar mal”, “vá atrás de quem você ama, e abrace”!

Eu consegui enxergar a verdade, e estou aqui doando o meu tempo para que outros também possam ver!

”Deus escreve certo por linhas tortas” e não é que a Telefônica também!

Se você gostou do meu texto, por favor divulgue!

Amém!!!

Deixe seu comentário!!! 

#NowPlaying: Arctic Monkey - From The Ritz To The Rubble




Um comentário:

  1. Muito bom Ror.
    É o que eu sempre me pergunto:
    A tecnologia liberta ou escraviza?
    Opção 2.

    Bruna Toledo

    ResponderExcluir