terça-feira, novembro 30, 2010

Cadê o pó?

Ontem eu estava no carro voltando pra casa ouvindo o 90 minutos na Kiss com o Ronaldo e o Nasi, e claro eles também estavam falando sobre a “guerra” no Rio. Mas o Nasi falou uma coisa que eu ainda não havia parado pra pensar, ele falou “Cadê o pó?” E realmente é verdade, a polícia - eu li hoje de manhã no Último Segundo do IG – só apreendeu um total de 285 kg nas invasões ao Complexo do Alemão e à Vila Cruzeiro. Não sei, também não sou nenhum “especialista do narcotráfico”, mas essa apreensão me parece ser muito insignificante, vira e mexe você vê nego sendo preso nos aeroportos levando sozinho dezenas e mais dezenas de cocaína pro exterior, aí de repente os caras invadem um dos maiores redutos de tráfico do entorpecente e acham menos de 300 kg?! Como diria o Raimundos antigamente “Opa, peraí caceta!”, é claro que eles não vão divulgar que acharam toneladas, porque aí eles teriam que destruí-las, e cocaína meus amigos é igual dinheiro e dinheiro ninguém joga fora, dinheiro circula, dinheiro gera mais dinheiro!

A primeira coisa que eu questionei quando vi  a polícia efetivamente invadindo o morro foi “quem se esqueceu de pagar quem?”.  É triste, mas é verdade. As autoridades não têm interesse em acabar com o tráfico de drogas! Fato! A equação é bem simples, eles não vão resolver um problema que gera lucro e benefícios para eles próprios.

Essa coisa toda me lembra de uma história. Quando eu trabalhava em uma operadora de telefonia celular, era um saco ter que lidar com clientes que iam para reclamar de cobranças indevidas na conta, aí um dia, eu cheguei pro meu gerente e falei: “Pô meu, que saco, por quê eles não dão um jeito nesse sistema e resolve esse problema nas cobranças!?”, ele olhou pra mim, com um certo olhar de desprezo e falou: “Filhote, você acha mesmo que eles vão gastar dinheiro pra arrumar um problema que gera lucros?”, ou seja, a porcentagem de reclamações são muito insignificantes em relação à todas as outras pessoas que pagam suas contas “superfaturadas” sem jamais questionar, os que reclamam são ressarcidos, mas essa é a grande minoria.

Isso tudo, só me leva a uma conclusão! Essa invasão da polícia jamais teve como objetivo acabar com o narcotráfico, o objetivo disso tudo é tirar o poder de um e dar para outro, nesse mundo podre, onde temos criminosos de todos os tipos (descalços, fardados e de terno) os relacionamentos são muito complicados, obviamente, já que “um é mais filho da PUTA que o outro”, então o que acontece é que às vezes um passa a perna no outro e “dá merda”, e nesse caso especifico, deu!

Mas fiquem tranquilos, logo tudo volta à normalidade, a história irá continuar! Mas dessa vez com novos rostos e novos vulgos, mas o enredo, aah... esse é pior que novela da Globo com família italiana, é sempre igual!

-Matéria do Último Segundo sobre as drogas apreendidas:

Deixe seu comentário!!!

#NowPlaying - Justice - D.A.N.C.E.

Nenhum comentário:

Postar um comentário